Entenda o que é o método CHA e sua importância na gestão de pessoas.

Entenda o que é o método CHA e sua importância na gestão de pessoas.

Entenda o que é o método CHA e sua importância na gestão de pessoas.

A palavra competência, sem dúvida, é bastante falada no meio de gestão de pessoas. Mas, apesar disso, ainda hoje existem controvérsias no entendimento do conceito desta palavra. E o motivo para isso é que existe uma dificuldade entre os gestores para encontrar um bom equilíbrio entre o conhecimento técnico  e a atitude.

A realidade é que quando se trata das características do desenvolvimento humano não é muito simples desenvolver um padrão de critérios que demonstra com exatidão as habilidades de cada profissional. E, para ajudar você profissional de gestão de pessoas, a identificar com maior facilidade as principais habilidades e competências dos profissionais do seu time, vamos falar no artigo de hoje sobre um modelo que vem sendo cada vez mais usado nas empresas e que pode te ajudar bastante ao simplificar os critérios da sua avaliação por competência. A seguir entenda o que é o método CHA e sua importância na gestão de pessoas.

O que significa a sigla CHA?

A sigla CHA é a junção de três palavras que determinam os critérios para o método CHA e essas palavras são: Conhecimento, Habilidade e Atitude, essa tríade é responsável por ampliar o sentido de competência através de uma referência que se assemelham a padrões internacionais. Além de ser um dos modelos mais utilizados pelas empresas para avaliar seus profissionais. Vamos conferir a seguir:

  • A letra “C” refere-se ao conhecimento sobre um determinado assunto, e leva em consideração o fato da pessoa ter certo know-how a respeito de um determinado assunto que agrega valor, seja para ela mesma ou para a própria empresa.
  • A letra “H” corresponde à habilidade de executar alguma tarefa e oferecer resultados colocando em prática o conhecimento adquirido gerando soluções efetivas para eventuais situações.
  • Já a letra “A” refere-se à atitude, ou seja a proatividade, correspondendo à postura de não esperar que as coisas aconteçam por si só ou que alguém lhe diga o que fazer. Caracteriza-se pela iniciativa de entender a situação e agir de forma autônoma e eficiente. 

Analisando com mais detalhe o que cada uma das siglas representa, conseguimos perceber que o método CHA engloba tanto atributos técnicos como também comportamentais. Por isso, adotar esse conceito na gestão de pessoas ajudará a sua empresa a alcançar o nível máximo de fatores que podem contribuir para o desempenho do colaborador. 

A real importância do CHA na gestão de pessoas.

O método CHA é muito importante nos dias atuais, pois sabemos que está cada dia mais difícil encontrar colaboradores que atendam todos os requisitos que a sua empresa precisa. Sabemos que cada profissional tem as suas características próprias e que muitas vezes as suas competências necessitam de algum aprimoramento. Por isso, não adianta ter um profissional que tenha facilidade para tomadas de decisão se ele não tiver conhecimento técnico ou habilidades para desempenhar determinadas atividades.

Por isso, é essencial que as empresas gerem um contexto em que todos os profissionais se empenhem ao máximo para cumprir seus papéis como colaboradores e isso pode ser obtido com a aplicação das técnicas do método CHA. 

Quais os benefícios do método CHA

Os benefícios do método CHA estão relacionados ao alcance de metas pré-estabelecidas, pois essa ferramenta além de servir para  seleção e recrutamento de profissionais, também é uma ótima aliada para empresas que aplicam o People Analytics. Fornecendo aos colaboradores os meios para que atinjam os resultados esperados e não esperando que eles encontrem a sua própria maneira de alcançar os objetivos da empresa.

Outras vantagens interessantes para as empresas é a motivação e satisfação dos colaboradores, além de melhoria na produtividade, trabalhadores mais preparados e proativos e menor taxa de turnover na empresa.

O que esperar

A análise dos conhecimentos, habilidades e atitudes, assim como as avaliações das competências dos profissionais são ferramentas essenciais para aumentar a rentabilidade da empresa. Os resultados devem ser transformados em novas estratégias e soluções inovadoras para o crescimento da empresa. Caso a empresa ou o gestor responsável pelo time identifique que alguém ou a equipe precisa obter conhecimento, a empresa poderá investir em treinamentos e capacitações. 

Dessa forma, os funcionários estarão aptos e mais preparados para desempenhar as suas atividades. Se o gargalo estiver nas habilidades, podem ser feitas oficinas e workshops para conquistar melhorias nos resultados. Já se a dificuldade for referente às atitudes, o desafio será maior e precisará de uma atenção dos líderes da empresa, com o objetivo de gerar uma cultura organizacional com foco em autonomia e atitude. 

Quais as consequências de não usar CHA na gestão de pessoas

Empresas que não utilizam o CHA na gestão de pessoas é provável que estejam contratando profissionais que não atendem todos os atributos desejados. Por conta disso, pode existir um grande índice de rotatividade de funcionários na empresa. Do mesmo modo que, para os profissionais que já trabalham na empresa, não existirá um bom índice de aperfeiçoamento. 

Além disso, os gestores não terão uma visão ampla das dificuldades e dos atributos de cada um dos profissionais e as pessoas ficarão sem ter a possibilidade de se aperfeiçoar, ampliar os seus conhecimentos e desenvolver as suas habilidades. Outro fator que merece destaque é que não haverá um bom nível de engajamento, cooperação e compartilhamento do conhecimento entre os integrantes dos times.

Com isso, a empresa acaba perdendo produtividade e pode até ter a sua rentabilidade prejudicada. Por fim, ficará mais difícil para os gestores identificarem as necessidades dos profissionais e criar estratégias para a evolução das equipes e da empresa.

Concluindo, diversos cuidados precisam ser tomados na implementação do modelo CHA. Inicialmente, avalie a gestão de pessoas e procure identificar as reais necessidades da empresa e os requisitos fundamentais para os cargos. Utilize as da sua equipe atual para fazer as mudanças relevantes e oferecer cursos e treinamentos aos colaboradores. 

Compreendeu o que é CHA em gestão de pessoas e seu significado? Após analisar os colaboradores, faça a mensuração dos resultados e continue monitorando os resultados. Crie estratégias para atender as expectativas de todos os envolvidos.

    Share on linkedin
    Share on google
    Share on facebook
    Share on twitter

    Outros artigos que podem te interessar

    4 dicas para melhorar a gestão de tempo e produtividade da sua equipe.

    4 dicas para melhorar a gestão de tempo e produtividade da sua equipe.

    Saiba as 4 dicas para melhorar a gestão do tempo e produtividade da sua equipe, quais ferramentas podem te auxiliar e as principais vantagens que você terá quando aplicar essas dicas na sua empresa.  Você já deve ter se deparado diversas vezes com a frase “tempo é dinheiro”, e é sem dúvida, muito vezes quando

    Entenda a importância do atingimento de metas para o time.

    Entenda a importância do atingimento de metas para o time.

    Falamos muito por aqui sobre a importância das metas dentro das empresas e até mesmo na vida pessoal das pessoas. Mesmo muitos tendo a ciência da importância das metas, muitas vezes ela ainda acaba sendo vista com maus olhos, mas não deve ser assim. Afinal, elas representam uma chance de crescimento e lucro aos colaboradores.

    Por que e como fazer gestão de metas?

    Por que e como fazer gestão de metas?

    Uma empresa pode ter sucesso em seus resultados através de uma boa gestão de metas adequada para a sua equipe. Por isso, você deve entender o Por que e como fazer gestão de metas, e entender quais são as principais vantagens. No mundo coorporativo e até mesmo na vida pessoal, sempre temos metas e objetivos

    Did you like it? Sign up to receive more content like this for free

      en_US