6 passos para melhorar sua estratégia de RH e reter talentos

6 passos para melhorar sua estratégia de RH e reter talentos

6 passos para melhorar sua estratégia de RH e reter talentos

Quando o assunto é reter talentos, os profissionais de RH enfrentam vários desafios, pois atrair e reter bons profissionais é um ponto que atinge vários outros fatores dentro do setor de RH. Devemos considerar que um dos principais bens de uma organização são seus bons profissionais, pois acabam se tornando imprescindíveis para o bom funcionamento da empresa. 

Mas afinal, como o RH pode descobrir esses bons profissionais  e o mais importante reter esses talentos na sua empresa? Pensando nisso, separamos 6 passos para melhorar sua estratégia de RH e reter talentos sem complicações, vamos conferir ao longo deste texto. 

Primeiro passo: Entenda a importância de investir na retenção de talentos. 

Os profissionais chamados de talentos costumam ser até 8 vezes mais produtivos do que os demais colaboradores que possuem o desempenho na média. Ou seja, ter equipes com profissionais talentosos é uma excelente estratégia para entregar os melhores resultados, além de ser um fator crucial para definir o tamanho do esforço que a empresa precisará fazer investindo para atingir seus objetivos e também continuar retendo  e atraindo talentos.

Um outro fator importante e muito trabalhado pelos profissionais de RH é a questão do turnover  ou como também é conhecida a taxa de rotatividade. Empresas que trabalham a retenção de talentos acabam não sofrendo com este indicador, o que eleva a sua empresa e estratégia de RH para um outro nível. 

Segundo passo:  Construa uma jornada constante de retenção de talentos. 

A ponte entre  a empresa e a contratação de profissionais é o RH. O RH é o departamento responsável por encontrar o profissional ideal, realizar todo o processo de contratação, mas somente isso não basta. Depois da contratação os profissionais de RH também são responsáveis por construir uma jornada constante e saudável de retenção de talentos. 

Assim como a empresa, os profissionais de RH precisam ter a ciência de que o profissional dentro da empresa é como se fosse um cliente interno da empresa, e que ele precisa dos mesmos cuidados e atenção que o seu cliente externo.

Terceiro passo: Oferecer salário e benefícios justos e competitivos com o mercado de trabalho!

Para atrair e reter talentos você precisa ser transparente e fazer da área de remuneração a mais estratégica e bem estruturada possível. Mantenha uma política clara, transparente e justa no que diz respeito aos pagamentos de salários e benefícios da sua equipe.

Quarto passo: Cultura e clima organizacional bem alinhados.

Acabamos de falar sobre a importância dos benefícios e salários justos e competitivos, mas nem sempre é o mais importante para o funcionário de alta performance, e a cada dia que passa esse tipo de pensamento vem se tornando mais comum entre os profissionais . Os colaboradores têm buscado maior tranquilidade em suas vidas pessoais e profissionais, por isso, empresas que oferecem uma cultura e clima organizacional bem alinhado e principalmente saudável tem uma vantagem competitiva enorme. 

É um grande diferencial uma empresa que conquista a possibilidade de oferecer um ambiente tranquilo e harmonioso para o seu time, permitindo que seus profissionais tenham um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. O fato é que, quanto mais qualidade de vida para seu colaborador, melhor será a sua produtividade e performance.

Quinto passo: Ter uma boa gestão e boa comunicação.

Um dos fatores que também influenciam na cultura e clima organizacional bem alinhado é o diálogo, que sem dúvida está na base de todo relacionamento saudável, seja ele um relacionamento pessoal ou profissional. 

Por isso, é importante promover uma política de comunicação flexível e amigável, e é muito importante que isso vá além do já conhecido endomarketing. Busque o interesse e engajamento dos seus profissionais, estreitando cada vez mais esse relacionamento e sempre buscando conhecê-lo o máximo possível. 

Sexto passo: Elabore Plano de carreira e campanhas de incentivo.

Chegamos ao sexto e último passo, para te ajudar a mandar bem na atração e retenção de talentos você precisa estar constantemente refinando o seu ambiente de trabalho, de acordo com os itens que listamos ao longo deste artigo. 

Porém, além dos itens que citamos acima é necessário formar um clima de competitividade saudável e colaborativo. Profissionais de alta performance, geralmente, exigem uma gestão muito mais eficaz e cheia de novos desafios para serem alcançados. 

Desta forma, sem dúvida é importante que a sua empresa tenha um plano de carreira bem desenhado para cada profissional, função, setor e equipe. 

Agora que você chegou no fim aproveite para revisar seus processos e garantir que sua empresa está aplicando estes 6 passos para melhorar sua estratégia de RH e reter talentos. Seguindo esses passos, você poderá conhecer melhor as necessidades dos seus colaboradores e aumentar a produtividade de toda a sua equipe!

Para deixar você ainda mais preparado, leia estes artigos que separamos para você:

Aproveite o conteúdo e boa leitura!

Share on linkedin
Share on google
Share on facebook
Share on twitter

Outros artigos que podem te interessar

Metas de venda realistas: Como atingi-las.

Metas de venda realistas: Como atingi-las.

Já sabemos que as metas servem como um direcionamento para a força de vendas, e que quando são bem definidas e realistas ajuda sua empresa a alcançar os melhores resultados.  É exatamente as metas de vendas que vão mostrar onde o seu time de vendas precisa chegar e quais serão as ações necessárias para atingir

Metas de vendas: Como você deve defini-las.

Metas de vendas: Como você deve defini-las.

As metas são as responsáveis ​​pelo nosso planejamento e por determinar o quanto queremos crescer nos próximos meses, anos e ciclos em geral. Porém, você sabe como definir suas metas de vendas? Veja nossas dicas para te ajudar a criar as suas metas de vendas de forma eficiente.  No artigo de hoje, vamos falar sobre

O que é Follow-up e como deve ser feito.

O que é Follow-up e como deve ser feito.

No setor de vendas se fala muito sobre uma prática chamada follow-up, mas muitas pessoas têm a dúvida sobre o que é follow-up e como deve ser feito. Neste artigo, vamos responder estas e outras perguntas que surgem quando falamos sobre follow-up.  Afinal, o que é follow-up? Basicamente follow-up é uma ferramenta utilizada para o acompanhamento

¿Gustó? Regístrese para recibir más contenido como este de forma gratuita

    es_ES