Qual é a diferença entre KPI e OKR?

Qual é a diferença entre KPI e OKR?

Qual é a diferença entre KPI e OKR?

Muitas pessoas possuem a mesma dúvida ’Qual é a diferença entre KPI e OKR?’, principalmente quando o assunto é definição de metas e indicadores e também mensuração dos resultados.  No artigo de hoje vamos explicar qual é a diferença entre KPI e OKR e em qual momento você deve utilizar um ou outro. 

A principal diferença entre KPI e OKR é que os OKRs descrevem quais são os objetivos da empresa ou da equipe, já os KPIs são as métricas de desempenho e performance que medem e avaliam qual é o sucesso de uma empresa ou de um objetivo específico. Mas, não para por aí, existem outros pontos que diferenciam os KPIs dos OKRs. Antes de continuarmos a falar sobre essas diferenças, é importante entendermos de fato o que é cada uma dessas metodologias e para que serve com mais riqueza de detalhes. 

O que é KPI? 

A sigla KPI representa o termo em inglês Key Performance Indicator ou em sua tradução Indicador Chave de Performance. Os KPIs ou apenas indicadores são basicamente métricas que indicam como está sendo o resultado de determinado projeto, empresa, equipe ou outras variedades de aplicações. 

Os KPIs sempre devem ser escolhidos e adotados de acordo com seu objetivo e necessidade. Por isso, é muito importante levar em consideração qual é o  segmento em que você atua e quais são os principais objetivos da empresa. 

Além disso, é importante lembrar que cada setor da sua empresa precisa ter um KPI diferente, pois cada departamento tem um objetivo específico para alcançar os resultados que a empresa planejou. 

Realmente falar sobre KPIs não é tão simples assim, e pensando nisto preparamos um artigo mais completo e detalhado sobre o que é KPI e sua importância para realizar análises. Após a leitura deste artigo você conseguirá entender mais a fundo o que de fato são os KPIs e qual é a sua importância. 

O que é OKR? 

A sigla OKR representa o termo em inglês Objectives and Key Results, ou seja, descreve os objetivos juntamente com os resultados chave para o alcance dos objetivos. 

O método OKR representa quais são os objetivos e metas desafiadoras da empresa, projeto ou equipe. E são a partir destes objetivos que são definidos os passos mensuráveis para atingir os resultados desejáveis. O método OKR normalmente é usado para definir metas de curto e longo prazo e principalmente para definir um planejamento anual. 

O que torna o OKR uma metodologia tão efetiva é a sua abordagem simples e sempre direcionada à eficiência. Uma das principais características do método OKR é estabelecer prazos curtos para cada objetivo e resultado-chave. 

Como método OKR as empresas não tem só o direcionamento do que deve ser feito, mas principalmente de qual é o resultado esperado para cada objetivo determinado. 

Agora que você já sabe o que de fato é  KPI e OKR vamos entender quais são as diferenças entre eles. 

Quais são as diferenças entre KPI e OKR?

Quando o método OKR é usado é esperado que os objetivos levem para os resultados-chave e os KPIs, por outro lado, especificam números e a forma como o processo foi desempenhado. 

Ambas as siglas KPI e OKR tem um termo em comum que é a palavra “chave”. No mundo da administração o termo “chave” sempre está relacionado a algo muito importante, e nas duas metodologias estamos nos referindo a indicadores-chave (KPI) e resultados-chave (OKR). Ou seja, por mais que não seja a mesma coisa, ambos podem caminhar juntos, desde que se entenda que cada um tem uma funcionalidade diferente. 

É importante deixar claro que OKRs focam nas metas e objetivos que devem ser alcançados e que são definidas em busca de ser uma direção para a empresa, projeto ou equipe. 

Já o KPI é a forma como é mensurado a performance dos indicadores e que esse indicadores não são as mesma coisa que os objetivos e resultados-chave das OKRs.

Estrategicamente falando, é possível trabalhar as duas metodologias em conjunto,  e uma forma de unir essas duas metodologias é medindo os resultados de cada KPI (indicador) e de forma estratégica e criar OKRs para melhorar cada vez mais os resultados dos seus KPIs. 

Share on linkedin
Share on google
Share on facebook
Share on twitter

Outros artigos que podem te interessar

5 dicas de como implementar a remuneração variável de forma fácil

5 dicas de como implementar a remuneração variável de forma fácil

A remuneração variável vem ganhando cada vez mais força nas organizações, pois se tornou uma das principais formas de reconhecer os esforços e resultados das equipes que mais contribuem para o crescimento e resultados da empresa. Ao longo deste artigo vamos falar sobre 5 dicas de como implementar a remuneração variável de forma fácil. Confira!

Como ter uma equipe de vendas bem-sucedida?

Como ter uma equipe de vendas bem-sucedida?

Todos nós já sabemos que são incontáveis os desafios para gerenciar uma equipe de vendas, principalmente quando é considerada a importância dessa área dentro do sucesso da empresa. É necessário monitorar os resultados e acompanhar a performance do time, além de ter que alinhar os objetivos e metas da empresa com o do time. E

Gestão de processos: 03 modelos que vão te ajudar a aumentar os resultados.

Gestão de processos: 03 modelos que vão te ajudar a aumentar os resultados.

As empresas e seus processos sempre estão em constante mudança e evolução, graças à transformação digital, mudança no comportamento do consumidor entre outros fatores que influenciam as empresas a repensarem seu tipo de gestão de processos e buscar o modelo mais adequado. Gestão de processos modelos para te ajudar a aumentar os resultados. Atualmente e de

¿Gustó? Regístrese para recibir más contenido como este de forma gratuita

    es_ES